Valores: a base de uma liderança íntegra e que integra

Olá a todos! É um prazer iniciar nossa conversa a partir de um tema tão importante: VALORES! Leia o texto, divirta-se e opine.

VALORES: A BASE DE UMA LIDERANÇA ÍNTEGRA E QUE INTEGRA

Sabemos que um dos grandes desafios de todos os tempos é liderar pessoas para que alcancem objetivos comuns, dentro de prazos previstos e em condições específicas. Muito se tem falado e escrito sobre o tema e a grande dificuldade é que, atualmente, a necessidade de rapidez nas ações exige ajustes precisos entre líderes e liderados. Não há tempo para discussões intermináveis e nem é possível que uma pessoa centralize todas as decisões. Para isso, o líder precisa ter foco no resultado e no relacionamento, ou seja, precisa contar com pessoas que queiram fazer o trabalho, sintam-se parte da empresa e tenham um propósito.

Assim, cada vez mais é necessário que a gestão ocorra a partir de princípios e valores que sejam comuns entre líderes e liderados. No entanto, percebo que nem sempre esses valores são definidos, e, quando são, a forma utilizada para sua implementação dificulta a compreensão e vivência. Observo que em muitas empresas acabam sendo mais um dos modismos que não passam de palavras escritas em um quadro, fixado em uma parede, por vezes esquecido pelos próprios líderes.

O que se encontra são valores que não têm significado e geram falta de credibilidade e de confiança em relação às reais intenções da liderança. Muitas vezes, isso acontece porque os valores são definidos pela matriz da empresa, fora do Brasil, sem a participação da liderança local, portanto, sem o real comprometimento das pessoas que efetivamente vão viver esses valores. Outro motivo para isso é a definição pró-forma desses valores feita pelos profissionais da empresa, que desempenham, em um workshop ou em uma reunião, um papel distante do que realmente acreditam, posicionando-se de forma superficial, apenas para manter uma imagem, falando sobre valores que não praticam e que não estão predispostos a vivenciar. A conseqüência dessas posturas são valores sem força, sem vida, sem aplicação.

Percebo, então, que existem vários cuidados a serem tomados para que a liderança com base em valores seja realmente possível. Em primeiro lugar, há a necessidade que se entenda o significado e importância da existência e observação dos valores por todos os profissionais que trabalham na empresa.  Em segundo, a forma utilizada para a definição desses valores deve garantir sua efetividade e aceitação por parte de todos os profissionais. Em terceiro, a postura dos líderes deve garantir que sejam vividos, portanto, precisam ser utilizados como critérios de recrutamento, seleção e avaliação de profissionais e como guias para qualquer tomada de decisão ou de ações.

E então, na sua empresa se lidera com base em valores?

Quais são os valores que norteiam sua vida? Estão alinhados com os valores de sua empresa?

6 comentários sobre “Valores: a base de uma liderança íntegra e que integra

  1. milton soares de souza disse:

    Parabéns pela iniciativa de criação deste canal de comunicação e reflexão do mundo corporativo. Sempre é bom ler coisas legais como esta. Também concordo com você, quando diz que valores pró-forma criados pelos profissionais da empresa em um workshop ou em uma reunião não dão resultado positivo. É necessário acreditar naquilo que é dito. A busca pelo sentido é que faz a diferença. E cada vez mais vizualizamos no cotidiano um distanciamento entre discurso e prática. Desde as pequenas coisas até aquelas consideradas de valor universal. Ex.: pode-se ter um bom discurso em favor do meio ambiente, porém joga-se do carro a “bituca” do cigarro no chão.

    • Fátima Motta disse:

      Olá, Milton,

      Fico feliz que tenha gostado do texto. Acho que a falta de sentido é a maior dor que temos, apesar de desconhecê-la. Continue acompanhando nossas opiniões sobre o assunto e opinando.

  2. Marcelo Guedes disse:

    Muito coerente o artigo. Somente ressalto que as pequenas e médias empresas estão muito aquém de implantarem valores, pois os fundadores da empresa não os tem claros e não delegam para outros líderes ampliarem seus conteúdos, como os pais que não deixam os filhos evoluirem. É impossível se ter valores éticos claros e verificar que os fundadores/proprietários descartam valores importantes para uma equipe sem nenhum critério claro.

    • Fátima Motta disse:

      Olá,Marcelo,

      Obrigada pelo comentário. Concordo que algumas empresas ainda não entenderam a importância da liderança por valores, no entanto, como contribuição, nós temos feito trabalhos muito interessantes relacionados ao tema, também para pequenas e médias empresas, o que nos encoraja a seguir em frente. Continue visitando nosso blog.

  3. Julio Cardozo disse:

    Ótimo post. Serve para reflexão a respeito do papel da liderança legítima. A prática mostra que o desenvolvimento de formas distintas de atuação exige precisão e definição das formas de ação.Não podemos esquecer que o desenvolvimento de formas distintas de atuação cumpre um papel essencial na formulação do sistema de formação de quadros.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s