Para um novo ciclo

Dezembro, último mês do ano, que traz inúmeros sentimentos e reflexões.

Para alguns, saudade. Para outros, felicidade. Para outros, tristeza, mas, para todos, a certeza de ter atravessado mais uma parte de um caminho construído por sonhos, emoções e infinitas escolhas transformadas em ações.

Nem certas, nem erradas, essas ações construíram ou destruíram pontes, aproximaram ou distanciaram pessoas, trouxeram aprendizados.

Cabe, então, apenas agradecer e acolher o que passou e colocar a energia a favor da construção do novo ciclo.

Novos sonhos têm chances de serem realizados se transformados em objetivos. Fica aqui uma reflexão: qual a qualidade desses sonhos? Quais as dimensões que esses sonhos contemplam? A dimensão do ‘ter’ ou do ‘ser’? Que escolhas determinarão esse novo ciclo?

O convite é para você separar um pouco do seu tempo e planejar o que deseja construir.

Não esqueça de relacionar seus valores, para não ser traído por sonhos distantes da sua essência.

Lembre que carreira e bens materiais são apenas parte de sua vida. A outra parte é bem mais sutil e mais profunda e se relaciona à dimensão do seu desenvolvimento enquanto “ser”. Não a esqueça.

Que o novo ciclo lhe traga luz e amplitude da consciência.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s